NOVAS ORIENTAÇÕES DA ARQUIDIOCESE PARA O CORONAVÍRUS:



















Recife, 18 de março de 2020.


ARQUIDIOCESSE DE OLINDA E RECIFE

Cúria Metropolitana

ORIENTAÇÕES AOS CATÓLICOS

DA ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE

Caríssimos padres, diáconos, religiosos e religiosas, leigos e leigas,
Pela quarta vez nos dirigimos a todos, diante de tantas preocupações e sofrimentos causados pela pandemia do Coronavírus (COVID-19). Neste momento, somos chamados, à luz do lema da campanha da Fraternidade 2020, a ver, sentir compaixão e cuidar do nosso próximo, a ter serenidade e confiança no Senhor, o qual passou curando toda espécie de doença e enfermidade do povo (cf. Mt 4, 23).
Em atenção às recentes restrições feitas pelo decreto do Governo do Estado de Pernambuco em 17 de março de 2020:
1 – Reafirmamos os devidos cuidados com os idosos em enfermos, inclusive nossos padres, diáconos, religiosos e religiosas, recomendando que os maiores de 60 anos entrem em período de quarentena conforme orientação do Ministério da Saúde;
2 – Insistimos mais uma vez sobre a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70 graus;
3 – A partir de hoje, 18 de março, ficam canceladas todas as celebrações eucarísticas com a participação do povo, inclusive nas capelas, oratórios, santuários e basílicas que se encontram no território da nossa Arquidiocese. As missas, especialmente no Dia do Senhor, serão celebradas a portas fechadas na Igreja Catedral e na Matriz de cada paróquia, com uma reduzida equipe de celebração, sendo transmitidas ao vivo por internet. Os fiéis poderão ainda assistir às missas pelas emissoras de TV nos horários de costume. Pela nossa Rádio Olinda, AM 1030, nos seguintes horários: no sábado – 17h; no domingo – 6h30, 9h e 16h;
4 – Quanto às celebrações da Semana Santa, deverão acontecer da mesma forma do item anterior. Na Catedral, além das demais celebrações, a tradicional Missa dos Santos Óleos será presidida pelo Arcebispo, concelebrada apenas pelos membros do Conselho Presbiteral, em comunhão com todo o clero e povo de Deus, que poderão acompanhar pelos meios de comunicação;
5 – Exortamos aos padres que, a exemplo do Bom Pastor, permaneçam nas paróquias para cuidar do seu rebanho;
6 – Considerando a calamidade que estamos vivendo, as Confissões sejam realizadas somente em caso de real necessidade, tomando os devidos cuidados, assim como o Sacramento da Unção dos Enfermos e a Celebração das Exéquias;
7 – No tocante às celebrações de Casamentos e Batizados, recomendamos que sejam transferidas para um tempo oportuno. Não sendo possível a transferência do Casamento, seja celebrado em privado, com reduzido número de pessoas;
8 – A Igreja Matriz e a Secretaria Paroquial funcionarão em horário especial a ser definido pelo pároco ou administrador paroquial;
9 – Conforme o item 7 da Nota do dia 17 de março: “Diante dos inadiáveis compromissos econômicos das paróquias, apelas à consciência dos fiéis a a manter a fidelidade ao dízimo…”, cada paróquia, por meio da Comissão Pastoral para o Dízimo, oriente os fiéis como implementar esse apelo.
Ao concluir estas determinações, invocamos a intercessão de Nossa Senhora da Saúde e pedimos aos sacerdotes, diáconos, religiosos e religiosas e a todo o povo de Deus, que intensifiquem as orações pela superação desta calamidade, sem esquecer os profissionais da área de saúde e demais agentes sanitários. Que Deus abençoe a todos.
O território da Arquidiocese de Olinda e Recife compreende 21 municípios, com 143 paróquias, além de basílicas e santuários. Na Arquidiocese, o território eclesiástico está dividido geograficamente por vicariatos: vicariato Bebebribe, Boa Viagem, Cabo, Igarassu, Olinda, Soledade, Várzea e Vitória de Santo Antão. Vale esclarecer que o 10° vicariato da Arquidiocese é o vicariato não-geográfico, vicariato para a Vida para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada, que acompanha cerca de 48 institutos masculinos e femininos, cinco dos quais Institutos Seculares. Os consagrados vivem em 98 casas, presentes em todos os Vicariatos da Arquidiocese, contando cerca de 1.000 membros, incluindo os formandos.

Recorrendo à intercessão da Virgem Maria, Saúde dos Enfermos, pedimos serenidade no momento difícil que estamos atravessando e invocamos as bênçãos de Deus sobre todos.



Fraternalmente,



Dom Antônio Fernando Saburido
Arcebispo de Olinda e Recife








Recife, 16 de março de 2020.


ARQUIDIOCESSE DE OLINDA E RECIFE

Cúria Metropolitana

RECENTES ORIENTAÇÕES AOS CATÓLICOS

DA ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE

Pela terceira vez, dirigimo-nos aos católicos da Arquidiocese de Olinda e Recife, tendo em vista os últimos desdobramentos da pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19). Voltamos a insistir nas orientações anteriores (27 de fevereiro e 14 de março de 2020) e acrescentamos estas novas recomendações:

1. Em sintonia com as Instituições de Ensino, suspendemos todas as atividades de Catequese (Primeira Eucaristia, Crisma, Catequese de Adultos), assim como outros encontros de formação e demais reuniões;
2. A orientação, que fizemos em 14 de março último quanto à idade de 70 anos para dispensa do preceito dominical, fica agora alterada para 60 anos, conforme normas civis e canônicas. Relembramos a necessidade de que os jovens ministros extraordinários da distribuição da Sagrada Comunhão, tomando os devidos cuidados, levem a Eucaristia para estas pessoas;
3. Quando possível, realizar as celebrações, sobretudo dominicais, ao ar livre, para evitar muita aproximação entre as pessoas;
4. Estimulamos todas as comunidades a promover momentos de oração em pequenos grupos, assim como nas famílias, para superar a pandemia que nos atingiu;
5. Cancelamos excepcionalmente as procissões dos Passos de Olinda e Recife, as Vias-Sacras públicas e as encenações da Paixão de Cristo.
6. No que diz respeito à coleta da Missa, já tratada no item 7 da carta anterior, sugerimos:
a. motivar os fiéis a trazerem sua colaboração em envelopes;
b. fazer a coleta no final da missa, ficando a equipe de coletas nas portas da igreja;
7. Diante dos inadiáveis compromissos econômicos das paróquias, apelamos à consciência dos fiéis a manter a fidelidade ao dízimo, mesmo os que estão dispensados do preceito dominical.

Recorrendo à intercessão da Virgem Maria, Saúde dos Enfermos, pedimos serenidade no momento difícil que estamos atravessando e invocamos as bênçãos de Deus sobre todos.



Fraternalmente,



Dom Antônio Fernando Saburido
Arcebispo de Olinda e Recife






COMUNICADO 14 DE MARÇO






Recife, 14 de março de 2020.


ARQUIDIOCESSE DE OLINDA E RECIFE

Cúria Metropolitana

NOVAS ORIENTAÇÕES AOS CATÓLICOS
DA ARQUIDIOCESE DE OLINDA E RECIFE


No último dia 27 de fevereiro de 2020, emitimos nota contendo várias recomendações para a população católica de nossa Arquidiocese de Olinda e Recife, no que diz respeito ao Coronavírus (COVID-19). Diante do crescimento, mesmo pequeno, de casos suspeitos ou comprovados, e como medida de precaução, vimos insistir nas recomendações anteriormente apresentadas e apresentar novas:

1. Evitar aglomerações, sobretudo nas vias-sacras, procissões e festas de padroeiro;

2. Na medida do possível, oferecer ÁLCOOL GEL na entrada da igreja e multiplicar o número de celebrações do Dia do Senhor, mesmo que se faça uso da Liturgia da Palavra, com a colaboração de ministros;

3. Uma vez que o vírus atinge com maior gravidade as pessoas idosas, recomendamos que as pessoas de idade superior a 70 anos, por enquanto, assistam às celebrações eucarísticas pela televisão ou rádio, em suas próprias casas. Estas fiquem tranquilas no que diz respeito ao cumprimento do preceito dominical. Os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, mais jovens, procurem levar a Eucaristia para os idosos;

4. Nas Concelebrações Eucarísticas, no momento da purificação do cálice apenas um ministro deve consumir o Preciosíssimo Sangue e nunca partilhar com outros concelebrantes;

5. Durante o tempo da Quaresma muitas pessoas procuram o Sacramento da Penitência. Faz-se necessário ter os devidos cuidados com a proximidade do confessor e do penitente, as confissões sejam em lugares abertos e evitem-se os mutirões de confissões;

6. Na Celebração da Paixão do Senhor, na Sexta-Feira Santa, a adoração da cruz seja feita sem o beijo;

7. Ter o devido cuidado com a transmissão do vírus por ocasião da coleta.

8. É preciso manter a serenidade diante de tudo o que está acontecendo, mas ter o devido cuidado, colaborando assim com as orientações das autoridades sanitárias.

Contando com a colaboração e compreensão, elevemos nossa oração ao Senhor neste Tempo de Quaresma para que seja superado este problema. Fraternalmente,


Recife, 14 de março de 2020.



Dom Antônio Fernando Saburido
Arcebispo de Olinda e Recife
Share on Google Plus

About Marcio Bourbon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário