Missa de um ano sem o Padre Nosso

Uma noite de saudades, homenagens e emoções. Aconteceu nesta quinta-feira, 19 de julho, na quadra do Colégio Sagrada Família, a missa em comemoração a um ano do retorno ao Pai de padre Edwaldo Gomes.


A celebração foi presidida pelo Monsenhor Luciano Brito, Vigário Geral da Arquidiocese de Olinda e Recife, representando dom Fernando Saburido e concelebrada pelos padres Deyvson e Inaldo, com a participação de diácono Aerton Carvalho.


Na homilia, padre Luciano relembrou momentos de convivência com padre Edwaldo.Certa vez, em uma confraternização do clero, em Aldeia, eu estava com os meus oito anos de sacerdócio e com colegas conversando na piscina, quando  chegou padre Edwaldo e disse: “vim brincar com os padres jovens, daquele jeito dele. “Eu ainda pulo”, pulou na piscina e fez aquela festa com a gente. A gente começou a conversar, que era próprio dele,  e já dominou a roda de conversa. Conversávamos sobre as experiências nossas da vida sacerdotal. Ele já com seus longos anos de experiência.  Falávamos a respeito daquilo que tanto nos pesa na nossa consciência e, às vezes, nas nossas costas, nossos ombros – pecado! E ele dizia: “Meus irmãos, não vamos pensar tanto no pecado. Pecado maior é a gente não amar a Deus. que está presente no irmão. Quem ama não peca. Pronto! E vamos mergulhar na piscina de novo”. (Risos). E ai a festa continuou, no seu jeito de ser. 





Falou da dedicação de padre Edwaldo, por décadas, à Paróquia Sagrado Coração de Jesus, onde serviu com todo zelo, com todo amor, gerando filhos e grandes amigos. Que para o cristão a  morte não é o fim, mas  é passagem para a verdadeira vida. 


A família de padre Edwaldo estava presente, para render homenagens a esse ente querido que dedicou a sua vida ao serviço da igreja.


A quadra ficou repleta de amigos de todas as gerações das cinco comunidades paroquiais.












Os jovens também lembraram com saudade e muita emoção a convivência com padre Edwaldo e saudaram o grande pastor com a música "amigo" de Roberto Carlos, que foi cantada por toda a plateia .




No final, padre Deyvson agradeceu a presença de todos os representante das comunidades, as pastorais e ao Monsenhor Luciano Brito, pelas brilhantes palavras proferidas.  



Compartilhe no Google Plus

About Veronildo Souza de Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário