Aleluia, aleluia, Cristo está vivo


Em solenidade no pátio do salão da Paróquia de Casa Forte teve início a celebração da Vigília Pascal, nesse sábado, dia 20, às 19 horas, presidida pelo Bispo Auxiliar de Olinda e Recife, dom Limacêdo, que também é Administrador dessa paróquia, e concelebrada pelo Vigário Paroquial, padre Fábio Paz. A Vigília Pascal tem quatro momentos distintos: Liturgia da Luz, da Palavra, do Batismo e da Eucaristia, ricos em gestos, sinais e símbolos.

Inicialmente foi realizada a bênção do fogo, onde foi acesa numa fogueira, uma vela grande,  o Círio Pascal. Nele são colocadas as letras gregas alfa e ômega, que representam Jesus, nossa Luz, Princípio e Fim de tudo e de todos, Senhor do tempo e da história.


 Em seguida, em procissão, o Círio Pascal foi levado para a Igreja matriz, que se encontrava com as luzes apagadas e todo povo reunido na escuridão.






O presidente da celebração iniciou os ritos, começando com as 7 leituras, seguidas de cânticos de louvor, que contam desde o início, em Gênesis, a construção do mundo por Deus, com passagem desde Abraão até os dias em que Jesus, após vivenciar sua paixão: prisão, martírio, julgamento e morte na cruz, ao terceiro dia, como havia profetizado, ressurgiu dos mortos para a vida eterna. 



Como bem disse padre Fábio, a Vigília Pascal é uma solenidade longa, considerada a mãe de todas as vigílias.



Padre Fábio fez a leitura do Evangelho do dia.  A narração encontrada no evangelho, relata o que aconteceu com Jesus ao terceiro dia de sua morte. Ele Ressuscitou.




Em sua homilia, dom Limacêdo conclamou a assembleia a fazer a seguinte pergunta: “Por que procurais entre os mortos aquele que está vivo? Ele não está aqui. Ele ressuscitou! E pediu uma salva de palmas a Jesus. O que foi correspondido por todos presentes. Disse ainda, daquilo que Jesus veio fazer – amar. Amou ao ponto de dar a sua própria vida, de derramar seu sangue, de entregar seu espírito, de se esvaziar totalmente. Jesus veio ensinar o amor, veio trazer a reconciliação com o Pai, resgatar a dignidade perdida no paraíso”.  Falou também das comemorações da Semana Santa na paróquia, principalmente das vias- sacras realizadas nas comunidades de Lemos Torres, Poço da Panela, e do centro, ressaltando a participação do povo de Deus na lembrança do sofrimento de Jesus por todos nós, pecadores, culminando com a sua ressurreição. A maior prova do Cristo ressuscitado nos dias de hoje, é o testemunho que cada um pode dar, através dos seus atos.
  



   A Liturgia do batismo foi precedida por uma apresentação de jovens do catecismo, que encheram a pia batismal com água contida nos vasos.




O batismo de Cristo foi simbolizado com a imersão do Círio Pascal na pia batismal. Em seguida, duas pessoas adultas da comunidade foram batizadas.



Após a celebração do sacramento do batismo,  começou a consagração  e a distribuição da Eucaristia.





Ao final, os sacerdotes desejaram uma Feliz Pascoa, com a benção  em nome do Pai, filho e do Espirito Santo! Amém!




Share on Google Plus

About Veronildo Souza de Oliveira

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário