Congregação das Irmãs da Sagrada Família - 200 anos de uma história de amor ao próximo


No dia 14 de maio celebramos, com muita alegria e entusiasmo, o bicentenário de fundação da Congregação das Irmãs da Sagrada Família. Desde o ano passado quando celebramos a abertura do Ano Jubilar, nos empenhamos para realçar todas as nossas atividades, tendo em vista o que constitui a história desses 200 anos – tudo é ação de graças!

Podemos destacar alguns acontecimentos que marcaram essa história santa. Sim, história santa podemos afirmar assim, contemplando a ação de Deus na vida de Santa Emília de Rodat e na caminhada das primeiras irmãs, que enfrentaram dificuldades e oposições, mas permaneceram firmes. Junto com Emília, as jovens: Eleonora, Úrsula e Maria Boutaric (co-fundadoras)  seguiram as orientações e os conselhos de Pe. Antônio Marty, que as ajudou e preparou os alicerces da nova família religiosa e das obras e projetos empreendidos.

A finalidade primeira do Instituto foi educação das crianças pobres. Em seguida, Madre Emília ouviu outros apelos missionários, assumindo diversas atividades, em prol dos mais carentes. Um pouco antes da sua morte, em 1852, Madre Emília disse: “É preciso que a nossa caridade atravesse os mares!” Após 50 anos a Congregação veio para o Brasil e para outros países, no início do século passado. Depois, em 1957, atravessou novamente os mares para a Bolívia e para a África (Costa do Marfim). Pela 3ª vez atravessamos os mares até as Filipinas, em 2004. Nós também participamos dessa missão através das brasileiras que aceitaram o convite do Conselho geral: Ir. Ana-Lice, que está lá desde a fundação; Ir. Solange Morais que ficou 3 anos e Ir. Raimunda, que foi no ano passado. Agora na celebração, Dom Severino destacou a disponibilidade dessas Irmãs que estão nas Filipinas e, que por sinal trabalharam na diocese de Nazaré da Mata, onde ele era bispo. 

Outro marco na nossa história foi a abertura de pequenas comunidades inseridas, após o Concílio Vaticano II;  uma nova maneira de viver a vida religiosa consagrada com o povo mais simples, em diferentes realidades, estendendo-se a outros estados e regiões, como no Maranhão, Pará, Goiás, Rondônia e Paraná.

Hoje somos 44 Irmãs, em 08 comunidades: Pernambuco, Paraíba, Maranhão e Pará. Aqui em Casa Forte, além da missão educativa no Colégio da Sagrada Família, cuidamos das Irmãs mais idosas e enfermas e somos uma presença na Paróquia: presença orante, fraterna e solidária. Também participamos nas EJNS (jovens).

A concelebração festiva do Bicentenário, em 14 de maio, na nossa Capela, foi presidida por Dom Severino de França, bispo emérito de Nazaré da Mata. Estavam presentes oito padres, na maioria religiosos: Sagrado Coração de Jesus, Redentoristas, Oblatos de Maria Imaculada e o próprio bispo que é frade Capuchinho. Contamos com a presença marcante do Pe. Edwaldo, que faz parte da história, há muitos anos, quando jovem padre, foi capelão do Sagrada Família. Muitos amigos e amigas se fizeram presentes.

                                                 Ir. Fátima  - Irmã da Sagrada Família


Fotos da celebração de 200 anos da Congregação da Sagrada Família




Compartilhe no Google Plus

About Paroquia Casa Forte

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários:

  1. Muita linda celebração. Marcante a dedicação da congregação

    ResponderExcluir