Recife ganha as cores e a alegria da juventude nesta segunda-feira

Recife ganha as cores e a alegria da juventude nesta segunda-feira

A juventude tem encontro marcado nesta segunda-feira, 16. O Bote Fé Recife encherá as ruas da capital pernambucana de fé e devoção. Uma série de eventos acolherá os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013 no território da Arquidiocese de Olinda e Recife. O encontro com a Cruz e o ícone de Nossa Senhora acontece às 12h, no Santuário Nossa Senhora de Fátima, na Boa Vista, centro do Recife. No local, o arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, presidirá Missa, que contará com a concelebração de vários sacerdotes da arquidiocese.

A programação segue com caminhada reflexiva até o Marco Zero da cidade. Haverá quatro paradas onde os participantes meditarão temas como fé, educação, violência, extermínio de jovens e aborto. A caminhada será acompanha por trio elétrico animado pela banda Tribos de Jacó. Antes de chegar ao Marco Zero, os jovens farão uma pausa na Igreja Madre de Deus, onde haverá padres disponíveis para confissões e aconselhamentos. Os símbolos saem do templo por volta das 17h30 em direção ao coração do Recife. Será o marco zero de uma nova juventude pernambucana.


Acesse:
.:Dom Fernando Saburido convida a juventude para participar do Bote Fé


Na praça, haverá acolhida dos ícones e diversos cantores e bandas católicas e artistas locais se revezarão no palco levando ao público canções de fé com um tempero bem pernambucano. O frevo e o forró também terão vez com Cristina Amaral, Dudu do Acordeon e a dupla Doidin de Deus. As grandes atrações nacionais são os cantores Eliana Ribeiro, Diego Fernandes e Anjos de Resgate. Caravanas de diversas cidades da Região Metropolitana do Recife e do interior do Estado já confirmaram presença. Estão sendo aguardadas também delegações de outros Estados.

Peregrinação – Os símbolos da JMJ chegam à Arquidiocese de Olinda e Recife,
na noite deste domingo, 15. Eles vêm da Diocese de Nazaré e serão acolhidos na Matriz de Santo Antônio, em São Lourenço da Mata, com carreata até a Igreja Matriz de São Lourenço Mártir (Roteiro da peregrinação). Eles permanecem na Arquidiocese de Olinda e Recife até o dia 19. Durante este período haverá diversos momentos de oração, meditação, celebração e visitas às unidades prisionais e comunidades carentes. A cruz e o ícone estão no Estado desde a última quinta-feira, 12, quando chegou à Diocese de Palmares. Eles ficam em Pernambuco até o dia 1º de fevereiro percorrendo todas as dez dioceses (Palmares, Nazaré, Olinda e Recife, Caruaru, Garanhuns, Pesqueira, Floresta, Petrolina, Salgueiro e Afogados da Ingazeira). Em seguida, eles seguirão para a Diocese de Guarabira, na Paraíba. 

História da Cruz da JMJ - A Cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz da JMJ, Cruz Peregrina, muitos a chamam de Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo papa João Paulo II aos jovens para que a levassem por todo o mundo, a todos os lugares e a todo tempo.

A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II deu essa cruz como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade. Quem a recebeu, em nome de toda a juventude foram os jovens do Centro Juvenil Internacional São Lourenço em Roma.

Os jovens acolheram o desejo do Santo Padre. Levaram a cruz ao Centro São Lourenço, que se converteria em sua morada habitual durante os períodos em que ela não estivesse peregrinando pelo mundo.
Desde 1984, a Cruz da JMJ peregrinou pelo mundo, através da Europa, além da Cortina de Ferro, e para locais das Américas, Ásia, África e agora na Austrália, estando presente em cada celebração internacional da Jornada Mundial da Juventude. Em 1994 a Cruz começou um compromisso que, desde então, se tornou uma tradição: sua jornada anual pelas dioceses do país sede de cada JMJ internacional, como um meio de preparação espiritual para o grande evento.

O Ícone de Nossa Senhora - Em 2003, o Papa João Paulo II deu aos jovens um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a Cruz da JMJ: o Ícone de Nossa Senhora, “Salus Populi Romani”, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no ocidente, Santa Maria Maior.


PERCURSO DA CAMINHADA ATÉ O MARCO ZERO

Polo Reflexivo B1
Tema: Bote Fé em Cristo! Ele é o Senhor!
Saída: Santuário Nossa Senhora de Fátima (Rua do Príncipe)
Término: Em frente à Câmara dos Vereadores e Faculdade de Direito (Rua Princesa Isabel)

Polo Reflexivo B2
Tema: Bote Fé na educação! Maria: exemplo de educadora.
Saída: Em frente à Câmara dos Vereadores e Faculdade de Direito (Rua Princesa Isabel)
Término: Praça da República / Palácio do Governo (Avenida Rio Branco)

Polo Reflexivo B3
Tema: Bote Fé na juventude! Diga não à violência!
Saída: Praça da República / Palácio do Governo (Avenida Rio Branco)
Término: Igreja Madre de Deus (Cais do Apolo)

Polo Reflexivo B4
Tema: Bote Fé na vida! Diga não ao aborto!
Saída: Igreja Madre de Deus (Cais do Apolo)
Término: Marco Zero (Avenida Alfredo Lisboa)


ROTEIRO DA PEREGRINAÇÃO DOS SÍMBOLOS NAS DIOCESES DE PERNAMBUCO

12 e 13 – Diocese de Palmares (PE)
15 – Diocese de Nazaré (PE)
15 a 19 – Arquidiocese de Olinda e Recife (PE), 16: Bote Fé Recife
19 e 20 – Diocese de Caruaru (PE)
21 – Diocese de Palmeira dos Índios (AL)
22 e 23 – Diocese de Garanhuns (PE)
24 e 25 – Diocese de Pesqueira (PE)
25 e 26 – Diocese de Floresta (PE)
27 e 28 – Diocese de Petrolina (PE)
29 e 30 – Diocese de Salgueiro (PE)
31/01 e 1/02 – Diocese de Afogados da Ingazeira (PE)
Da Assessoria de Comunicação AOR
Compartilhe no Google Plus

About Paroquia Casa Forte

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário