Vamos dizer “SIM À VIDA” !



A vida deve ser defendida em toda e qualquer situação por ser um bem supremo concedido por Deus. Para fazer o grito pelo “Sim à Vida” ecoar mais forte, a Arquidiocese de Olinda e Recife promoveu no dia 6 de outubro a 7ª edição da caminhada em defesa da vida. O evento reúne anualmente milhares de pessoas na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife. A concentração será em frente ao antigo Castelinho e tem início previsto para às 8h.



Pela segunda vez, o ato público reuniu além de fiéis das 19 cidades que compõem o território arquidiocesano, as nove dioceses (Palmares, Caruaru, Nazaré, Afogados da Ingazeira, Garanhuns, Pesqueira, Petrolina, Salgueiro e Floresta) do Estado . 


Durante o percurso, sete trios elétricos representando os Vicariatos Episcopais (regiões administrativas) da arquidiocese animaram os participantes. 

O arcebispo metropolitano, Dom Fernando Saburido, deu início ao evento em cima de um dos trios com uma mensagem em prol da vida. Junto dele estará outros bispos da Província Eclesiástica de Olinda e Recife.

Dom Fernando Saburido reafirmou a posição da Igreja em defender a vida em toda e qualquer fase ou circunstância. “O motivo desta ação é que muitas são as ameaças concretas para a implantação da eliminação de vidas no Brasil, principalmente em fases de maior fragilidade, às quais precisamos reagir. A população brasileira é a favor da vida e este é o momento oportuno de manifestar nossa posição em proteção ao ser mais indefeso e frágil: seja a criança no ventre materno, sejam doentes e idosos”, ressaltou o religioso.


7ª Caminhada “Sim à Vida”

Local: Orla de Boa Viagem – Recife (em frente ao Castelinho)
Dia: 6 de outubro de 2013

Horário: 8h – Concentração
             9h – Saída





Compartilhe no Google Plus

About Marcio Bourbon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

1 comentários:

  1. Tô fora, desse ôba-ôba, dessa propaganda paroquial e dessas caras e bocas.
    Quer lutar pela vida? Lute politicamente contra a violência e pela dignidade de todos: do nascituro, dos idosos, dos jovens, das mulheres, dos pobres, dos analfabetos, dos doentes, dos indígenas, etc. Isso sim, é lutar pela vida, apoiando as políticas públicas e os programas do governo Dilma que tratam e implementam esses avanços sociais, tais como o programa "Mais Médicos" e inúmeros outros. Aí estaremos realmente lutando pela vida.
    Caso o blog da paróquia tenha espaço para comentários, gostaria que fosse publicado este meu comentário.
    Lioza

    ResponderExcluir