Festa de Sant'ana na nossa paróquia


Como em todos os anos, a nossa paróquia celebrou de forma belíssima mais uma Festa de Santana.

Com a participação de toda comunidade, em mais uma demonstração de Amor e Fé, a Festa apresentou momentos belíssimos, que se iniciou com a procissão da Bandeira no dia 21 de agosto e foi concluída com a procissão de Santana que percorreu as ruas do bairro e terminou com uma Missa celebrada por Pe.  Edwaldo, com a participação do diácono Aerton Carvalho e o professor Aderson Viana.

Veja aqui as fotos deste evento:













FESTA DE SANTANA EM CASA FORTE - 21 A 25  DE AGOSTO

Programação:

Quarta-Feira, 21 de Agosto

19:30 – Saída da Procissão da Bandeira 
               Rua Jorge Gomes de Sá 58, Santana (residência dos juízes)
20:30 – Hasteamento da Bandeira
              Abertura Oficial do Tríduo
              Diácono Aerton Carvalho

Quinta – Feira, 22 de Agosto

19:00 – Terço
19:30 – Celebração da Palavra
              Evangelho (Lucas 1, 23-38)
              Professor Aderson Viana
              Convidados: Casais de Santana e das demais comunidades ligadas à 
              Paróquia e Cenáculo de Maria (Poço da Panela).
          Famílias: Gomes Bezerra, Rodrigues Alves Nunes, Mariz, Sobral  Rodrigues Areias, Sobral Brito, Bento Veiga, Soares, Soares Santana.

21:00 – Bingo Beneficente 

Sexta – Feira, 23 de Agosto

19:00 – Terço
19:30 – Celebração da Palavra
               Evangelho (Mateus 13, 44-46)
               Diácono Aerton Carvalho
               Noite Missionária
              Convidados: Comunidades ligadas à Paróquia (Lemos Torres, Inaldo  Martins, Vila Vintém, Cabocó e Santana)
                Famílias: Rocha Carvalho, Cabral da Silveira, Mota Silveira, Farias,  Cavalcanti, Tavares, Coutinho, Carvalho e Xavier Costa

Sábado, 24 de Agosto

19:00 – Terço
19:30 – Celebração da Palavra
               Evangelho (João 1 45-51)
               Professor Aderson Viana Filho

               Noite das Crianças
                Catequistas Convidadas: Eleny, Tânia, Luiciana, Tereza e Ademilde
                Demais convidados: Ana Cristina, Irmã Stella, Dona Odete, Dona Zefinha, Severo e Veridiano

Domingo, 25 de Agosto

16:00 – Procissão
17:30 – Celebração Eucarística

               Pe. José Edwaldo Gomes


Conheça mais sobre Sant'ana
____________________________________________________________________

Fonte: Wikipédia

Histórico

Os dados biográficos que sabemos sobre os pais de Maria foram legados pelo Proto-Evangelho de Tiago, obra citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, como Epifânio e Gregório de Nissa.
Sant'Ana, cujo nome em hebraico significa graça, pertencia à família do sacerdote Aarão e seu marido, São Joaquim, pertencia à família real deDavi.
Seu marido, São Joaquim, homem pio fora censurado pelo sacerdote Rúben por não ter filhos. Mas Sant’Ana já era idosa e estéril. Confiando no poder divino, São Joaquim retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces. Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant’Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus.
Eram residentes em Jerusalém, ao lado da piscina de Betesda, onde hoje se ergue a Basílica de Santana; e aí, num sábado8 de setembro do ano 20 a.C., nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam, que em hebraico significa "Senhora da Luz", passado para o latim comoMaria. Maria foi oferecida ao Templo de Jerusalém aos três anos, tendo lá permanecido até os doze anos.

Pelo texto Caverna dos Tesouros, atribuído a Efrém da Síria, Ana (Hannâ) era filha de Pâkôdh e seu marido se chamava Yônâkhîr.[1]Yônâkhîr eJacó eram filhos de Matã e Sabhrath.[1] Jacó foi o pai de José, desta forma, José e Maria eram primos.[1]
São João Damasceno, ao escrever sobre o Natal, deixa claro que São Joaquim e Santa Ana são os pais de Maria. [2].

Devoção

A devoção aos pais de Maria é muito antiga no Oriente, onde foram cultuados desde os primeiros séculos de nossa era, atingindo sua plenitude no século VI. Já no ocidente, o culto de Santana remonta ao século VIII, quando, no ano de 710, suas relíquias foram levadas da Terra Santa paraConstantinopla, donde foram distribuídas para muitas igrejas do ocidente, estando a maior delas na igreja de Sant’Ana, em DürenRenânia,Alemanha.
Seu culto foi tornando-se muito popular na Idade Média, especialmente na Alemanha. Em 1378, o Papa Urbano IV oficializou seu culto . Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant’Ana em 26 de Julho, e o Papa Leão XIII a estendeu para toda a Igreja, em 1879.Em França, o culto da Mãe de Maria teve um impulso extraordinário depois das aparições da santa emAuray, em 1623.
Tendo sido São Joaquim comemorado, inicialmente, em dia diverso ao de Sant’Ana, o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria, mãe de Jesus.

Compartilhe no Google Plus

About Marcio Bourbon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário