Arquidiocese reúne multidão para dizer ‘Sim à Vida’


“Um grito profético em defesa da vida”. Assim, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, descreve a Caminhada Sim à Vida. Realizada há seis anos na Orla de Boa Viagem (com concentração em frente ao Castelinho e seguindo até o 2º Jardim), a manifestação tem como objetivo denunciar as práticas que ameaçam a vida desde a sua concepção até o seu fim natural. O evento será no próximo domingo, 21, e é realizado pela arquidiocese, por meio da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Vida e a Família. Em 2011, cerca de 150 mil pessoas encheram a avenida de alegria e esperança.

A caminhada sempre reuniu padres, religiosos e membros das 109 paróquias do território arquidiocesano. Além de contar com o apoio e participação de pessoas de outras religiões, mas que igualmente consideram a vida um dom supremo dado por Deus. Este ano, o “Sim à Vida” terá um caráter estadual. Bispos e delegações das nove dioceses que compõem a Província Eclesiástica de Olinda e Recife (Nazaré, Petrolina, Caruaru, Garanhuns, Floresta, Palmares, Afogados da Ingazeira, Pesqueira e Salgueiro) já confirmaram presença.

Em abril deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou não ser crime o aborto de fetos que se desenvolvem sem cérebro ou parte dele. Em nota a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, lamentou a decisão: “Legalizar o aborto de fetos com anencefalia, erroneamente diagnosticados como mortos cerebrais, é descartar um ser humano frágil e indefeso. A ética que proíbe a eliminação de um ser humano inocente, não aceita exceções.”

Segundo estimativas, com base em registros do Sistema Único de Saúde (SUS) de internações hospitalares causadas por abortos, ocorrem cerca de 1,5 milhões de abortos a cada ano. ‘É como se fosse eliminada totalmente a população de Porto Alegre, ou do Recife, ou de Campinas e Niterói juntas.’

O aborto é uma das inúmeras ameaças à vida, que preocupam Dom Fernando Saburido. “Diariamente, vemos ou somos informados de práticas contrárias à vida plena. Entre elas: o uso de drogas, extermínio de jovens, índios e negros. Não podemos cruzar os braços. Temos que agir e impedir que tais crimes se tornem banais e rotineiros”, enfatizou o arcebispo.

Outro caso preocupante é o número de jovens usuários de drogas. O Instituto Nacional de Pesquisa de Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas (Inpad) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) realizou pesquisa e revelou que ‘o Brasil é o maior mercado mundial do crack e o segundo maior de cocaína’. O levantamento divulgado no mês de setembro indica ainda que país é responsável por 20% do consumo mundial do crack.



Confira o convite de Dom Fernando Saburido para a Caminhada Sim à Vida


O presidente da Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Vida e a Família, frei Dennys Pimentel, coordena as ações da caminhada. O religioso acredita que só Deus pode determinar o início e o fim da vida. “Deus colocou em nossas mãos a tarefa de cuidar da criação e não de decidir quem deve morrer ou o que deve ser extinto”, disse.

Comemoração - A presidenta Dilma Rousseff sancionou no dia 16 de maio de 2012 a Lei Nº 12.647, que institui o Dia Nacional de Valorização da Família a ser comemorado, anualmente, no dia 21 de outubro, em todo o território nacional. O Sim à Vida será um grande evento da Arquidiocese de Olinda e Recife celebrativo e em prol da vida e da família.


6ª Caminhada Arquidiocesana Sim à Vida
Local: Avenida Boa Viagem (em frente ao Castelinho)
Dia: 21 de outubro de 2012
Horário: 8h (Concentração)
9h (Saída)


Fonte: Assessoria de Comunicação AOR

Compartilhe no Google Plus

About Marcio Bourbon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário