Quaresma é a preparação para a Páscoa


Já se passaram dois meses do ano. Este terceiro mês – o de março – será enriquecido pela vivência da Quaresma e da Campanha da Fraternidade, neste ano, com o tema: Fraternidade e Saúde Pública e lema: Que a saúde se difunda sobre a terra, extraído do Eclo Cap. 38, 8. Você, leitor(a) amigo(a), é mais uma vez convidado(a) a viver intensamente este tempo de graças. 

Deus está acima de tudo o que foi criado, Ele é o Senhor, mas age de um modo todo especial, através dos sacramentos que Ele deu a sua Igreja. Foi pelo Batismo que você foi incorporado a Ele, recebendo a graça da filiação divina. Isso fez o Papa Leão XIII exclamar:”Reconhece, ó cristão, a tua dignidade!” Você já se deu ao trabalho de aprofundar esta sua condição de “filho de DeusɁ” O Batismo lhe abriu as portas aos demais sacramentos, que o enriquece sobremaneira. Não os desprezes! “Convertei-vos e crede no Evangelho”, que você escutou na quarta-feira de cinzas e no 1º domingo da Quaresma, levará você, necessariamente, ao grande sacramento da confissão, que vai trazer o perdão de todos os seus pecados e, consequentemente, aproximá-lo-á o menos indignamente possível da Sagrada Eucaristia. Se, em todos os sacramentos, você recebe as graças de Deus, neste, você recebe o próprio Deus! Eu observo que os cristãos de hoje perderam a noção de pecado e recebem irresponsavelmente a Santíssima Eucaristia, sem levar a sério o que São Paulo diz, na 1ª carta aos Coríntios, Cap. 11, 28 “cada um exime de si mesmo antes de comer deste pão e beber deste cálice, pois aquele que come e bebe sem discernir o Corpo, come e bebe a própria condenação. 

Prezado(a) leitor(a), eu estou conduzindo a Palavra do Pastor nesta linha porque a Quaresma é a preparação para a Páscoa e Páscoa, para o cristão, é a comunhão do Corpo e Sangue do Senhor. Neste mês, vocês terão a possibilidade de fazer uma boa confissão sacramental, nas sextas-feiras, das 9 às 12h. Na 2ª carta de são Paulo aos Coríntios, no cap. 6, 1-2, ele escreve: “Visto que somos colaboradores de Deus, nós exortamos vocês para que não recebam a graça de Deus em vão, pois Deus diz na escritura: “Eu escutei você no tempo favorável, e, no dia da salvação, vim em seu auxílio”. É, agora, o momento favorável. É, agora, o dia da salvação. Feliz Páscoa!
Compartilhe no Google Plus

About Marcio Bourbon

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários:

Postar um comentário